11 de junho de 2017

Dicas de Romances Históricos e de Época

Desafio dos 5 Dias - Dia 2



Olá mais uma vez, leitores do Luar!
Dessa vez o blog está em pleno funcionamento, estou me dedicando em postar todos os 5 dias do desafio! Espero que vocês me aguentem durante esse tempo.

Vamos falar de romances históricos e de época hoje?









Bom, eu não tenho como negar que romances históricos e/ou de época são os meus gêneros de romances preferidos. Logo quando comecei a minha biblioteca (ó! Me senti até importante dizendo que tenho biblioteca! haha Mas vocês entenderam) dois dos meus primeiros livros foram de romances de época. Um foi "O Cavaleiro Negro (Clã De Burgh)", da Harlequin e o outro "Esplendor da Honra", na época publicado pela editora Landscape. Foram livros bem gostosos que eu devorei bem rapidinho e isso me surpreendeu bastante, já que eu não tinha ainda um grande hábito de ler. Desde então, esses estilos de romances passaram a me encantar. E hoje vou indicar alguns que gostei muito, seja por já ter lido, ou por ter conhecido e me roído de vontade de ler.


Antes, porém, vamos ter aqui as diferenças básicas entre romances históricos e romances de época:

Romances históricos - são os livros que ambientam seus romances no mesmo período de algum fato histórico, usando as informações corretas desses fatos para influenciar na trama diretamente.

Romances de época - são os livros nos quais a história se foca em determinada época e gira em torno de seus costumes, como a influência da sociedade, da moda, da educação e afins.

Claro que foi um resumão, porque o foco hoje não é diferenciar tais romances, mas sim apresentar algumas dicas dentro desses gêneros. No entanto, muitos e muitos colegas blogueiros já abordaram esse tema, e é muito fácil achar postagens bem mais informativas (e bem satisfatórias). Vou deixar aqui de sugestão o blog Crônicas de Eloise, tem uma postagem bem bacana lá. 😉




Esplendor da Honra



O primeiro que indicarei é mesmo Esplendor da Honra, de Julie Garwood. Eu quero muito reler esse livro, e queria muito ainda ter a minha edição da Landscape, porque era apaixonada por ela (já disse várias vezes aqui, esse livro sumiu misteriosamente da minha estante). Hoje o livro, que ficou uns bons anos fora de catálogo,  voltou a ser publicado pela editora Universo dos Livros.  É um romance medieval, na verdade. 

Em Esplendor da Honra, temos dois barões inimigos. Barão Louddon, meio-irmão de Lady Madelyne, um homem desprezível e mau. E o Barão Duncan, o Lobo, que busca vingança contra Louddon devido a um ataque feito por parte do barão inimigo à sua irmã. Nesse cenário de ódio e vingança, Duncan se põe de isca e torna-se prisioneiro de Louddon, com um único objetivo: chegar à Madelyne e dar o troco no inimigo. Madelyne por sua vez, uma moça doce, mas de personalidade, se propõe ajudar o prisioneiro do irmão, e acaba por se tornar prisioneira dele. Contudo, o que era sede de vingança, torna-se para Duncan um anseio urgente de proteção, e Madelyne, que antes seria seu troféu, passa a ser outra razão pela qual Duncan vai enfrentar seu maior inimigo.

É um livro gostoso, cheio de ação, tem alguns trechos engraçados também. Infelizmente não lembro de tantos detalhes quanto gostaria, mas sei o quanto me apaixonei por ele. Vale a pena!

Sugestão de compra: Amazon - Saraiva





O Príncipe dos Canalhas






Esse é um livro até bastante conhecido da Loretta Chase, publicado pela editora Arqueiro. Nele encontramos uma história bem original e bastante engraçada. Nossos protagonistas serão Jessica Trent e Sebastian Ballister, Marquês de Dain. Jessica, uma mocinha preocupada em ser independente, ter seu próprio negócio e continuar fugindo de um possível casamento. O marquês, conhecido como Lorde Belzebu, é um homem enorme, feio, e conhecido por sua libertinagem, crente de que essa é o melhor estilo de vida para si. Ele tem seus traumas de infância, por ter sido rejeitado por seu pai, abandonado por sua mãe e crescido sozinho em um internato onde tivera que aprender a se defender sozinho da violência dos colegas.  Tornou-se um homem que quer viver longe dos valores da sociedade e de toda hipocrisia imposta por ela.


O encontro entre Jessica e Sebastian já traz uma certa atração, no entanto, os dois são bem tinhosos e estão longe de quererem se tolerar, por mais que exista uma química que atraia ambos como um ímã. Vamos nos deparar com muitas situações engraçadas, muitas intrigas, com situações inusitadas e um romance que começará enfim de um jeito bem improvável. É uma história deliciosa e que vale muito a pena de ser lida, tem seus dramas, seus momentos de suar os olhos, mas proporciona também muitas gargalhadas.

Sugestão de compra: Amazon - Saraiva




Cartas Para Uma Falsa Dama



Eu não li esse livro, mas conheci sua sinopse e achei bem interessante, apesar de não gostar muito de me guiar pelas sinopses. Geralmente eu procuraria resenhas, mas o livro está em pré-venda ainda, será lançado dia 19/06. É de autoria de Carol Townend e publicado pela HarperCollins. O que me chamou atenção, é que do contrário da maioria dos livros que conhecemos, esse não tem um casal a ser formado. Vamos conhecer a história do Conde Tristan e sua consorte, Francesca. Eles são um casal recém-casados, separados quando Tristan precisa viajar para defender o ducado da Bretanha. A sinopse não diz exatamente do que se trata essa defesa, mas enquanto estiverem longe muitos fatos do passado atordoarão a vida de Francesca, que por dois anos escreverá ao marido sem receber nenhuma resposta. Esperando pelo fim do casamento, ela recebe de volta o marido e descobre que também para ele o passado andou dificultando a vida. Agora, para serem felizes, terão muitos desafios a serem enfrentados. 

Bom, não conheço a autora, nunca li nada dela, e talvez seja arriscado dar a dica de algo que não conheço, mas esse livro me pareceu bastante intrigante e ele com certeza está na minha lista. Sendo assim, a hora que eu finalmente adquiri-lo e lê-lo, trarei a resenha. Então poderemos saber se meus instintos estavam certos! 😂

Sugestão de compra: Amazon - Saraiva




Outlander



Mais um que ainda não li, mas já assisti as duas temporadas da série, e como os livros tem mais detalhes do que a série, com certeza eles valem cada página. A história é linda, emocionante e repleta de fatos históricos sobre a  batalha de Culloden , a luta de clãs guerreiros escoceses, os rebeldes jacobitas e a esperança de reformar a Casa Stuart, junto a  tantos outros fatos históricos envolvidos nesse cenário, mesclando com um romance surreal entre uma inglesa do século XX e um escocês highlander. Também temos, em uma menor escala, abordagem sobre a Segunda Guerra Mundial.

Só para constar, enquanto pesquisava mais detalhes para escrever tudo bonitinho aqui, levei um spoiler violento da sinopse. Mas como eu chorei horrores com a segunda temporada, eu já senti meu coração, embora revoltoso com o spoiler, mais calminho pelo que estar por vir. Gente, essa história é muito amor envolvido. Eu quero livro, quero série, box da série, guerreiro escocês da série, quero tudo! 😂

Sugestão de compra: Amazon - Saraiva





Orgulho e Preconceito







Não poderia deixar de citar esse clássico. Eu li uma parte de Orgulho e Preconceito, mas estava abominando a tradução de minha edição, então encostei e comprei outro livro. Infelizmente ainda não consegui reiniciar a leitura, porém tenho projeto para esse livro muito em breve. Até porque me sinto ansiosa para isso, muito mais do que imaginava. Me dei conta disso enquanto escrevia esse post e me vi obrigada a pesquisar mais a respeito do livro. Minha vontade era de pegar logo a história e começar a me deliciar com ela. Não do ponto onde parei, quero tudo do início novamente, para mergulhar de cabeça.

Em Orgulho e Preconceito, vamos conhecer a história de Elizabeyh Bennet e Mr. Darcy. Um romance improvável, eu diria, já que  as coisas entre os dois não começam nada bem. O livro inicia-se com uma frase que descreve muito bem um dos pontos de vista da sociedade daquela época: "É uma verdade universalmente conhecida que um homem solteiro e muito rico precisa de uma esposa" (varia de acordo com a tradução, mas a essência permanece). O que acho mais interessante, e por isso muito mais profundo também na obra de Jane Austen, é que temos um romance escrito por alguém que estava lá, naquela época, naquele lugar. E isso nos faz ter dimensões exatas, e não apenas imaginárias, do ambiente em que a autora forma e do universo que ela nos oferece. É, sem dúvidas, uma leitura que merece toda atenção, e talvez, em razão desse diferencial de ter sido escrito por uma legítima dama daquela época, é considerado um texto rico, que exige muito mais envolvimento e atenção do leitor. Preciso dessa leitura urgentemente.

Sugestão de compra: Amazon - Saraiva





É claro que existem muitos outros livros sensacionais, de autores maravilhosos. Temos as séries "Os Bridgertons" e "Quarteto Smythe-Smith", de Julia Quinn, a série "Flores da Temporada" da Babi A. Sette, como também a série "Lendas de Amor", de Nana Valenttine. "As Quatro Estações do Amor", de Lisa Kleypas, "As Crônicas de Amor e Ódio", de Mary E. Pearson, além dos clássicos como "Madame Bovary", de Gustave Falubert, "O Amante de Lady Chatterley", de D. H. Lawrence, entre uma infinidade de livros, séries e autores maravilhosos que tornam nossas vidas mais encantadoras, mais doces e mais cheias de sonhos. E eu espero poder falar em muitas delas aqui ainda.  








Por hoje vou ficando por aqui, e espero que tenham gostado das dicas. Amanhã estarei de volta para o terceiro dia do desafio. Se você ainda não conferiu o primeiro dia, não deixe de dar uma passadinha lá no post, onde estou deixando o meu ponto de vista a respeito do livro "O Lado Feio do Amor". Espero vocês amanhã! Agradeço pela leitura e muitos beijinhos lunares! 😉  














         



6 comentários:

  1. Acredita que não leio este gênero? Não sei bem o porquê, mas quando vou comprar livros, nunca compro um deles, porém isso vai mudar, porque na minha última compra comprei o Quarteto Smythe-Smith. Estou bem ansiosa para lê-lo.
    De época que eu me lembro li O Morro dos Ventos Uivantes e foi maravilhoso!
    Adorei as dicas, já anotei O Príncipe Canalha porque acho que será maravilhoso.

    Magia é Sonhar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que você goste dos que comprou, e que acabe se adaptando. Eu acho um gênero bem gostosinho!
      O Morro dos Ventos Uivantes eu só assisti o filme, e não curti não, confesso. Mas talvez o livro pudesse me agradar, não duvido!

      Beijinhos, lindona!

      Excluir
  2. Orgulho e preconceito será sempre o meu melhor livro de romance de época. <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E eu aqui louca pra iniciar essa leitura!

      Excluir
  3. Não sei se gostaria muito de ler livro desse gênero (que foi até bom conhecer mais pq não sabia diferenciar kkkk), mas 'Orgulho e Preconceito' eu tenho que ler urgentemente. Adorei o post.

    Beijos,
    Garota Perdida nos Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também estou nessa urgência! hahaha
      Eu tinha medo dos romances atuais, digo, que não são de época/históricos. Mas acabei gostando de alguns que li. Então acho que vai muito de como o autor nos captura na história, não é?

      Obrigada, amore! Muitos beijinhos!

      Excluir


© LUAR DE LIVROS - 2017.
Tecnologia do Blogger.